quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O Padre Santo na Internet - 3

Agradecemos ao amigo Jorge Ferraz pela publicação no blog: Deus lo Vult!
 
"Conheci a história do Venerável Pe. Rodolfo Komórek (1890 – 1949) quando estivem em São José dos Campos, a visitar um amigo. Lembrei-me dele porque recebi recentemente por email a sua carta mortuária, cuja leitura é bem interessante e piedosa (trata-se não de uma carta do próprio pe. Rodolfo, mas sim de um irmão religioso escrevendo sobre a morte dele), prestando-se a boa referência biográfica sobre o sacerdote. P. ex., sobre o seu gosto pelas penitências:
De seu espírito de penitência fala ainda Mons. Ascânio Brandão, escritor de renome e conhecido em todo o Brasil Católico: “O seu espírito de penitência foi notável. Por mais que o procurasse ocultar, via-se logo a que austeridades se entregava continuamente. Dormia no chão duro. Tinha horror ao leito macio. Quando a obediência o obrigava a se acolher ao leito, sobre tábuas duras havia de repousar”.
De São José dos Campos eu trouxe um pequeno “santinho” do Padre Rodolfo, com uma pequena biografia e uma oração. Reproduzo-as abaixo, a quem se interessar, para que a história deste heróico salesiano possa ser conhecida e divulgada, e – quiçá, se o Bom Deus o permitir – inspirar sentimentos verdadeiros de piedade nos homens dos nossos tempos, tão sedentos das coisas do Alto.
Hoje é dia de Todos os Santos – mesmo dos não canonizados… – e, mesmo sem a chancela definitiva e segura de uma canonização, gosto de pensar que hoje é um dia apropriado para se celebrar também as virtudes do Venerável Padre Rodolfo Komórek, a cuja intercessão eu recorro, pedindo por mim próprio, por este meu apostolado virtual, pelos parentes e amigos, pela Santa Igreja de Deus, pelo bem do Brasil."
* * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário