quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Em estado de penitência




 Uma senhora observou-o a caminhar muito ofegante. Ao perguntar-lhe por que estava tão cansado, ouviu: “Eu estou cansando, mas é para Deus. No céu descansarei”.

Causava admiração a coragem e a resignação com que suportava os sofrimentos, sem jamais se queixar. Tossia, sem quase pode suportar o peso do corpo. Respirava com imensa dificuldade, e para fazê-lo precisava mover os ombros. No entanto continuava a dar largas ao zelo, atendendo a todos com total dedicação.

Impressionado com o seu espírito de penitência, que se acentuou em seu últimos dias, alguém comparou-o a São Pedro de Alcântara.

Texto de Pe. Fausto Santa Catarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário