quinta-feira, 11 de julho de 2019


SIMPÓSIO PADRE RODOLFO KOMOREK
Dias 11 e 12 de outubro de 2019
Na Paróquia Sagrada Família (S.J.C.)



Venerável Padre Rodolfo Komorek foi uma figura marcante como sacerdote e como cidadão, tendo desempenhado seu ministério, no Brasil, por 25 anos. Ainda em vida, o povo já o chamava de “O Padre Santo”.
Simpósio Venerável Padre Rodolfo Komorek tem o objetivo de proporcionar oportunidade para reunir especialistas e interessados na figura e na obra do Venerável Padre Rodolfo, visando aprofundar a compreensão dos impactos e repercussões religiosas, sociais, culturais, históricas e humanitárias da sua vivência em busca da santidade.


Para informações e inscrições   <<<<<CLIQUE AQUI>>>>>>


quarta-feira, 20 de março de 2019


Trecho de um depoimento de Dom Edvaldo Gonçalves Amaral
 (Arcebispo Emérito de Maceió-AL)
Sem desprezar o muito que já se escreveu sobre o Pe. Rodolfo, eu quereria destacar que neste depoimento restrinjo-me à minha experiência pessoal, ou seja, o que vi, o que observei e ouvi do Pe. Rodolfo nos três últimos anos de sua vida.
Foi um homem todo de Deus, todo doado aos irmãos. Nada buscou para si, nada reteve para si. Extraordinária sua mortificação da gula e no desprezo pelo mínimo conforto, que o repouso por motivo da sua doença (tuberculose) estaria a exigir. Sua postura na igreja, seus comentários aos acontecimentos do dia-a-dia, sua palavra de conforto ou de orientação, em qualquer circunstância, revelavam sempre um grande espírito de fé e uma existência voltada unicamente para o sobrenatural e para a vida eterna. Pe. Rodolfo nos deixava a impressão de viver sempre na presença de Deus e julgar todas as coisas à luz do divino.
(Dom Edvaldo teve a oportunidade de conviver com o Pe. Rodolfo entre os anos de 1947-1949, como seminarista salesiano, estudante de Filosofia, na época também atingido pela tuberculose, e, por isso, esteve em São José dos Campos, SP, na mesma residência do Pe. Rodolfo para se tratar)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Anotações do Pe. Rodolfo




"Trabalhar para as almas é sofrer.

Cristo sofreu por todos e todos possuem nos sofrimentos do Salvador, inesgotáveis riquezas. Ainda assim, é o sofrimento que dá acesso a tais tesouros. Sofrer pelas almas é pois aproximar-se por elas da Fonte da vida e afluir sobre elas as riquezas de Cristo." (Pe. Rodolfo Komórek)


Acompanhe a página no facebook do Pe. Rodolfo:



quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Anotações do Pe. Rodolfo





"O comunismo quer implantar a fome, a nudez, do desemprego, a greve e a miséria, pois sabe que o descontentamento é o pai das revoluções e a revolução a mãe do comunismo. A revolução universal não trará a ditadura do proletariado, mas sim em cada nação um Stalin, especialista na fabricação de cangalhas para o povo, eterna besta de carga." ( Pe. Rodolfo Komórek )



Acompanhe o Facebook do Pe. Rodolfo:



:padrerodolfokomorek

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Padre Rodolfo na Rádio Mensagem


Ir. Alberto Gobbo, SDB gravou recentemente uma entrevista contando a trajetória do Pe. Rodolfo Komórek, SDB, para a Rádio Mensagem (Rádio da Diocese de São José dos Campos)

Vai ao ar no próximo sábado, 14/11, às 10h15 no Programa Diocese em Movimento.

Acompanhe a Rádio Mensagem pelo link:

Rádio Mensagem


Rádio Mensagem 1470 AM